O Dispositivo

Princípios e funcionalidades do Anjo S-Track

Um veículo instrumentado com diversos sensores percorre previamente a rota determinada, registrando a geometria de todo o percurso em alta resolução, com taxas de aquisição superiores a 20Hz. O sistema é capaz de identificar não somente os raios das curvas mas também a sua superelevação – inclinação lateral da curva – positiva ou negativa.

Os dados gerados são tratados e todas as curvas do trajeto, que podem causar tombamento em velocidade inferior à permitida para a via são identificadas.

Com as informações do tipo de conjunto de veículo (tipo de veículo ou conjunto, tipos de carga, tipo de suspensão, quantidade de articulações, altura do Centro de Gravidade, etc.), e as características geométricas das curvas, as velocidades seguras são calculadas por um software e carregadas no dispositivo embarcado: o ANJO S-TRACK.

Pela posição georreferenciada do veículo em cada instante durante a viagem, o dispositivo reconhece qual é a velocidade máxima segura para a próxima curva.

Uma mensagem de voz informa ao motorista que deve reduzir a velocidade somente se estiver acima da velocidade segura para a curva que se aproxima. Ou seja, se estiver conduzindo já em velocidade compatível, nenhuma mensagem será dada. Além da velocidade a mensagem de voz especifica se trata de curva à esquerda, curva à direita ou ainda sequência de curvas.

O banco de dados com todas as informações necessárias está armazenado no dispositivo embarcado, o que garante que as mensagens serão entregues ao motorista no tempo certo, não havendo necessidade de conexão.

disp_01
Características técnicas

Dimensões

Dispositivo com dimensões (altura x largura x profundidade) mm: 67 x 51 x 20

Voltagem

Alimentação: 9 a 36 Volts, do sistema elétrico do veículo

Consumo

Consumo médio estimado: 200mAh
Consumo de pico estimado: 800mAh

Sistema

Sistema microcontrolado com circuito integrado contendo chip de memória, acelerômetro, GPS, GSM, 8 leds informativos e memória flash para armazenamento de dados.

Carregamento

Carregamento das rotas local e/ou por GSM

Geolocalização

Geolocalização do veículo por sinal GPS

Tombamento

Desde sempre existe uma percepção que o acidente do tipo tombamento parece ser o mais grave e danoso, tanto com relação às vítimas quanto aos danos no veículo e à carga. De fato, um olhar sobre os números disponibilizados pela Polícia Rodoviária Federal aponta que dos mais de 21.000 acidentes envolvendo veículos de carga nas rodovias federais brasileiras, 14% respondem pelos tombamentos, entre os 18 tipos diferentes definidos na estatística. Além de ser a maioria, é o mais letal. Enquanto que a letalidade média nos acidentes com veículos de carga é de 2,5 mortos para cada 100 acidentes, nos tombamentos a taxa é de 5,2 mortos para cada 100 acidentes, ou seja, mais que o DOBRO.

Caso o veículo esteja com a velocidade acima do limite de segurança, o condutor recebe, por mensagem de voz, a informação da velocidade segura para a curva, em distância suficiente para efetuar uma frenagem suave. Se a velocidade não for reduzida, um alarme é acionado para chamar a atenção do condutor e um evento é registrado e transmitido para o servidor, podendo também gerar uma mensagem para celular ou e-mail.

Esses eventos gerados podem servir para identificar o perfil do condutor e orientá-lo em medidas preventivas, como treinamento.

Maior precisão

Evolução permanente

O ANJO S-TRACK está em constante aperfeiçoamento e evolução. Isso só é possível por tratar-se de tecnologia própria, desenvolvida no Brasil por empresas brasileiras. Ele foi concebido para ser uma plataforma eletrônica de assistência ao motorista e irá agregar continuamente novas funcionalidades sempre com foco na prevenção de acidentes e no controle operacional dos veículos de transporte.

Preencha o formulário e fale conosco