Tombamento

O mais grave acidente do transporte rodoviário de cargas

Desde sempre existe uma percepção que o acidente do tipo tombamento parece ser o mais grave e danoso, tanto com relação às vítimas quanto aos danos no veículo e à carga. De fato, um olhar sobre os números disponibilizados pela Polícia Rodoviária Federal aponta que dos mais de 21.000 acidentes envolvendo veículos de carga nas rodovias federais brasileiras, 14% respondem pelos tombamentos, entre os 18 tipos diferentes definidos na estatística.

Além de ser a maioria, é o mais letal. Enquanto que a letalidade média nos acidentes com veículos de carga é de 2,5 mortos para cada 100 acidentes, nos tombamentos a taxa é de 5,2 mortos para cada 100 acidentes, ou seja, mais que o DOBRO.

Em relação aos danos materiais, não é diferente. Estudos do IPEA em conjunto com o Denatran e a Polícia Rodoviária /federal, estimam que o custo médio de um acidente envolvendo veículo de transporte de carga é de R$ 105.000,00. Já os dados reais de uma transportadora que sofreu em média um tombamento por mês durante o período de um ano apontou um custo médio por tombamento de R$ 158.000,00, 50% maior que a média geral dos acidentes no transporte.

Com base nestes números é possível estimar que 20% dos sinistros pagos em apólices relacionadas com o transporte de cargas estejam relacionados com os acidentes do tipo tombamento.

Maior precisão

Caso o veículo esteja com a velocidade acima do limite de segurança, o condutor recebe, por mensagem de voz, a informação da velocidade segura para a curva, em distância suficiente para efetuar uma frenagem suave. Se a velocidade não for reduzida, um alarme é acionado para chamar a atenção do condutor e um evento é registrado e transmitido para o servidor, podendo também gerar uma mensagem para celular ou e-mail.

Esses eventos gerados podem servir para identificar o perfil do condutor e orientá-lo em medidas preventivas, como treinamento.

Evolução permanente

O ANJO S-TRACK está em constante aperfeiçoamento e evolução. Isso só é possível por tratar-se de tecnologia própria, desenvolvida no Brasil por empresas brasileiras. Ele foi concebido para ser uma plataforma eletrônica de assistência ao motorista e irá agregar continuamente novas funcionalidades sempre com foco na prevenção de acidentes e no controle operacional dos veículos de transporte.

Preencha o formulário e fale conosco